Exame Oftamológico

O exame oftalmológico completo deve ser feito periodicamente, não apenas para a refração e prescrição de óculos, mas também para a prevenção de inúmeras doenças oculares, como o glaucoma, a catarata e diversas retinopatias. O exame de rotina também inclui a avaliação da motilidade ocular, a biomicroscopia (avaliação das estruturas oculares através de um microscópio), a tonometria (medida da pressão ocular) e a fundoscopia (avaliação dos nervos ópticos e retina). Em alguns casos são indicados exames complementares, como o mapeamento de retina (avaliação da retina com dilatação de pupilas), topografia corneana (avaliação da curvatura da superfície corneana) e paquimetria ultrassônica (medição da espessura corneana).

No exame oftalmológico deve ser realizada uma avaliação minuciosa da superfície ocular. O olho seco é uma condição extremamente comum hoje em dia, podendo acarretar desconforto e embaçamento visual, dificultando também o uso de lentes de contato. Seu tratamento adequado através do uso de colírios lubrificantes e suplementos alimentares pode proporcionar grande melhora na qualidade de vida. O tratamento das condições alérgicas e blefarites crônicas (inflamações e acúmulo de secreções nas pálpebras), que muitas vezes podem ser observados apenas ao microscópio, resulta em grande alívio ao paciente, também prevenindo o aparecimento de inflamações agudas recorrentes, como conjuntivites, terçóis e calázios.

Posteriormente, quando há indicação, realizamos o teste de lente de contato para avaliar a melhor opção para cada caso. A adaptação de lente de contato não se resume na entrega das lentes, e para que haja uma boa adaptação é fundamental que o paciente seja bem orientado quanto aos cuidados e manuseio, e que retorne para as revisões e acompanhamento, sendo em alguns casos necessários ajustes nos parâmetros das lentes no decorrer do tratamento. As lentes de contato devem ser trocadas periodicamente, de acordo com as especificações de uso de cada material, e seu uso além do tempo recomendado expõem o paciente ao maior risco de complicações acarretando prejuízo à saúde ocular.